Teste rápido para Sífilis

PARA QUE SERVE O TESTE RÁPIDO PARA SÍFILIS?

O teste rápido para Sífilis serve para detectar os anticorpos no sangue que atuam contra a bactéria Treponema pallidum, causadora da sífilis, auxiliando a diagnosticar rapidamente pessoas que foram infectadas por essa doença, em no máximo 30 minutos. Os anticorpos só estarão presentes no organismo das pessoas que já entraram em contato com a bactéria. 

QUAL O PREÇO E O PRAZO PARA A ENTREGA DOS RESULTADOS DO TESTE RÁPIDO PARA SÍFILIS?

Os valores podem variar pois depende do laboratório que será feito o teste, mas custam em média a partir de R$ 90,00 reais. O teste pode ser feito gratuitamente pelo SUS, é só procurar uma unidade básica de saúde. Os resultados são revelados em no máximo 30 minutos.

COMO É FEITO O TESTE RÁPIDO PARA SÍFILIS?

A amostra de sangue é obtida de uma maneira simples e rápida, sendo necessário que o profissional de saúde dê uma furadinha no dedo do paciente ou a amostra de sangue pode ser feita através de uma coleta de sangue de uma veia do braço do paciente.

É NECESSÁRIO ALGUM PREPARO PARA FAZER O TESTE RÁPIDO PARA SÍFILIS?

Não é necessário nenhum preparo para fazer o teste rápido para Sífilis. 

É PRECISO ESTAR EM JEJUM PARA FAZER O TESTE RÁPIDO PARA SÍFILIS?

Não é necessário estar em jejum para fazer o teste rápido para Sífilis.

QUANDO DEVE SER FEITO O TESTE RÁPIDO PARA SÍFILIS?

Embora o tempo dos anticorpos contra a bactéria Treponema pallidum, causadora da sífilis, varie de pessoa a pessoa, geralmente eles já podem ser detectados no sangue cerca de 10 dias após o aparecimento de uma úlcera, chamada de úlcera sifilítica. Portanto, o teste rápido para Sífilis deve ser feito nesse período.

QUEM DEVE FAZER O TESTE RÁPIDO PARA SÍFILIS?

O teste rápido para Sífilis deve ser feito nas seguintes condições:

  • Pessoas que possuem sintomas de sífilis, como feridas genitais ou na garganta;
  • Possuem outro tipo de DST, como gonorreia e estão recebendo tratamento para a doença;
  • Toda gestante deve fazer o teste no pré-natal;
  • Pessoas que possuem vida sexual ativa;
  • Pessoas que são portadoras do vírus HIV;
  • Pessoas que têm um ou mais parceiros(as) com sífilis;
  • Mesmo que você não apresente sintomas de sífilis e não esteja nas condições acima, também podem fazer o exame.

QUAIS OS POSSÍVEIS RESULTADOS DO TESTE RÁPIDO DE PARA SÍFILIS?

Os resultados são expressos em:

Reagente (positivo) – Significa que há anticorpos contra a bactéria Treponema pallidum, causadora da sífilis. Um resultado positivo deve ser confirmado, através de outros testes como o de VDRL, FTA-ABS e TPHA,

Não reagente (negativo) – Significa que não há anticorpos contra a contra a bactéria Treponema pallidum (Tp), causadora da sífilis. No entanto, um resultado negativo não exclui a possibilidade de contato ou infecção por Tp, pois às vezes a quantidade presente de anticorpos no sangue é baixa para ser detectada através do teste ou os anticorpos que são detectados não estão presentes durante a fase da doença em que o teste foi feito. Sendo assim, quando ainda há suspeita de sífilis diante de um teste negativo, o médico irá solicitar outros testes para confirmar esse resultado.

COMO A SÍFILIS É TRANSMITIDA?

A Sífilis é uma infecção causada pela bactéria Treponema pallidum e é uma doença sexualmente transmissível. As principais formas de transmissão são por relação sexual vaginal, anal ou oral. Também pode ser transmitida da mãe com sífilis durante a gravidez. No início da doença, a pessoa apresenta uma única ferida pequena chamada de cancro duro, geralmente na vagina, no pênis, no ânus ou na boca. Em alguns momentos, a doença pode ficar quietinha ali (adormecida), sem nenhuma lesão aparente. 

O QUE SÃO ANTICORPOS? 

Os anticorpos são proteínas produzidas pelo nosso sistema imunológico, com o objetivo de defender o organismo contra agentes infecciosos específicos.

O TESTE RÁPIDO PARA SÍFILIS É CONFIÁVEL?

O teste rápido é muito sensível, específico e de qualidade. Entretanto, o teste é usado somente para auxiliar no diagnóstico, sendo assim, é necessário que seja feito outro exame para confirmar o resultado.