Jejum em Exames

JEJUM E SUAS PRINCIPAIS DÚVIDAS

É NECESSÁRIO O JEJUM PARA A REALIZAÇÃO DE TODOS OS EXAMES?

Os exames que necessitam de um maior tempo em jejum são o de glicose e o perfil lipídico. Antigamente era obrigatório o jejum de 12 horas para o teste de perfil lipídico, que dosam o nível de colesterol e triglicérides e a dosagem do perfil lipídico é muito importante para a definição de riscos cardíacos. Os valores de referência utilizados para estes analitos e as avaliações de risco de doenças cardiovasculares foram obtidos através de estudos realizados nestas condições de jejum, porém foi divulgado uma nota médica que flexibiliza o tempo sem comer. De acordo com a Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial estudos recentes para avaliação da influência do jejum na dosagem do perfil lipídico mostram que os resultados da dosagem variam pouco para quem está de jejum e sem jejum, os quais poderiam ser corrigidos através da definição de novos valores referenciais. A dosagem com jejum prolongado seria necessária somente quando o nível de triglicérides, fora do estado de jejum, estiver acima de 440 mg/dL. Portanto, a ingestão de alimentos não influencia no nível de colesterol e triglicerídeos que podem provocar doenças cardíacas no futuro.

É de extrema importância saber a clínica do paciente para melhor conduzi-lo para a realização dos exames. Os critérios estabelecidos variam muito para cada laboratório. 

Abaixo você verá as recomendações para a coleta do perfil lipídico com e sem jejum:

Sem JejumCom Jejum

Na maioria dos pacientes, incluindo:
. Avaliação inicial do perfil lipídico;
. Avaliação de risco cardíaco;
. Paciente em internação por síndrome coronária aguda;
. Crianças;
. Se solicitado pelo paciente;
. Pacientes diabéticos;
. Idosos;
. Pacientes em terapêutica estável.

. Triglicérides sem jejum > 440 mg/dL;
. Avaliação de especialista em paciente com hipertrigliceridemia conhecida;
. Pacientes com pancreatite por hipertrigliceridemia;
. Início de uso de medicações que cursam com hipertrigliceridemia severa.

VERDADE OU MITO

Além do jejum, que é um assunto que levanta bastante dúvida, temos outros tópicos que também geram dúvidas antes de se fazer um exame de sangue em geral.

– Não posso beber água durante o jejum. Mito

Pode sim beber água, ela não interfere no jejum, porém é preciso beber uma quantidade suficiente para se hidratar, se beber água em excesso ela pode interferir em alguns exames, como o de urina.

– Posso fumar antes de fazer o exame de sangue. Mito

O fumo altera o resultado de alguns exames, como o de curva glicêmica, pode aumentar a concentração de hemoglobina, por exemplo.

Fazer exame de sangue durante o período menstrual interfere nos resultados. Verdade

Para as mulheres sempre tem aquela pergunta: Qual foi a data da sua última menstruação? Mas por que fazem essa pergunta? No período menstrual as dosagens de hormônios são alteradas, por isso há a necessidade dessa pergunta. Quando os resultados forem obtidos, o profissional precisa ter esse conhecimento para avaliar os resultados corretamente.

– Atividade física atrapalha o resultado do exame: verdade.

O esforço físico pode alterar os resultados do exame. A prática de atividades físicas faz com que o corpo queime calorias e consequentemente diminui os níveis de glicose no sangue, além de produzir metabólicos como o ácido láctico de a creatinofosfoquinase (CPK). É necessário que os atletas informem sobre a prática e exercícios feitos.

– Mudar a alimentação antes do exame altera os resultados: verdade

Mudar a alimentação ou tentar ter uma dieta mais saudável antes dos exames pode alterar seriamente os resultados. É recomendado que o paciente mantenha a rotina de alimentação normal, sem grandes mudanças durante 15 dias antes. Alterar a sua alimentação, especialmente antes de exames que podem sofrer alterações nos resultados quando relacionados à alimentação, como o caso da glicose e especialmente no caso dos triglicerídeos, produzirá um resultado que não condiz com a realidade, pois os resultados obtidos serão falsos.

– É proibido ter relações sexuais nos dias que antecedem a coleta de sangue: Mito

Pode manter normalmente a relação sexual antes dos exames, porém no caso dos homens que irão fazer um exame chamado espermograma e PSA (total e livre) há algumas restrições como aguardar. O PSA é um exame que costuma ser exigido para homens em processo de investigação de doenças relacionadas à próstata, por isso há restrições.

– Não posso fazer exame estando gripado ou resfriado: Mito

Não a problema em estar gripado ou resfriado, inclusive em alguns casos é solicitado o exame de sangue a fim de diagnosticar alguma infecção relacionada ao quadro, porém se estiver febril ou com febre, ai sim pode interferir nos resultados, portanto é preciso que avise ao laboratório sobre esse sintoma.

– É importante ter uma boa noite de sono no dia anterior ao exame: Verdade

Uma noite mal dormida interfere nos níveis sanguíneos. Alguns exames exigem repouso antes da coleta, como por exemplo, a prolactina, uns exigem repouso de aproximadamente 20 minutos antes, como por exemplo, o cortisol. O descanso também deve ocorrer após exame, mais especificamente, o braço no qual ocorreu a coleta não deve carregar peso no restante do dia.

– Fazer exame de imagem antes da coleta de sangue não é permitido: Verdade.

Alguns exames de imagem exigem o uso de contraste por via oral, venosa, arterial, e, por outras vias, em situações específicas, ele é uma substância química aplicada para melhorar os resultados das imagens, porém somente em alguns e a quantidade pode variar. A recomendação é que os exames de laboratório sejam feitos antes da realização dos exames de imagem ou após 72 horas depois de realizado.

– Os bebês precisam suspender a amamentação para fazer exame de sangue. Mito

Bebês que ainda se alimentam apenas com leite materno, não precisam fazer qualquer tipo de jejum. Bebês que já ingerem outro tipo de alimento, crianças e gestantes devem solicitar ao médico orientação quanto ao jejum.

– Todos os exames de sangue que precisam de jejum só podem ser feitos pela manhã. Mito

A exigência para a realização dos exames é respeitar o tempo de jejum.

Exames que exigem quatro horas, por exemplo, não impedem que a coleta de sangue seja feita à tarde, por exemplo. Isso vai depender, na verdade, do horário de funcionamento do laboratório que for escolhido para os exames.

– Posso tomar um chá ou café sem açúcar que não irá interromper o meu jejum. Mito

Qualquer alimento, com exceção da água, interfere no resultado dos exames porque modificam algumas dosagens bioquímicas.

– O uso de medicamentos de rotina pode interferir nos resultados dos exames. Verdade

É por isso que sempre antes de fazer algum exame de sangue o profissional pergunta se o paciente toma alguma medicação, eles podem interferir nos resultados da coleta de sangue e o médico pode pedir que suspenda seu uso. Caso o medicamento não possa ser suspenso, o profissional irá analisar o resultado do exame considerando a presença desse medicamento. Os antibióticos e anti-inflamatórios, por exemplo, causam alterações nos testes de coagulação do sangue.