Exame de PCR para Oropouche

PARA QUE SERVE O EXAME DE PCR PARA OROPOUCHE?

O exame de PCR para o vírus do Oropouche, serve para detectar a presença desse vírus causador da doença da febre Oropouche no sangue e em alguns casos no Líquor (líquido cefalorraquidiano) de pessoas que foram infectadas por ela. É indicado para confirmar o diagnóstico assim que os sintomas da doença aparecem, especialmente até o quinto dia após o início dos sintomas.

QUAL O PREÇO E O PRAZO PARA A ENTREGA DOS RESULTADOS DO EXAME DE PCR PARA OROPOUCHE?

Os valores podem variar de um laboratório para o outro e a localidade, assim como o  prazo de entrega. Portanto, o ideal é buscar essa informação onde será feito o exame. 

COMO É FEITO O EXAME DE PCR PARA OROPOUCHE?

A amostra é obtida de uma maneira simples e rápida, sendo necessário realizar uma coleta de sangue de uma veia do braço do paciente ou em alguns casos o exame pode ser feito através do líquor (Líquido cefalorraquidiano), podendo ser coletado por diferentes lugares do corpo, a mais utilizada é na punção lombar que é feita nas costas, pois o acesso é menos agressivo e mais seguro. Em seguida as amostras são enviadas para análise.

É PRECISO ESTAR EM JEJUM PARA FAZER O EXAME DE PCR PARA OROPOUCHE?

Não é necessário estar em jejum para fazer o exame de PCR para Oropouche.

QUANDO DEVE SER FEITO O EXAME DE PCR PARA OROPOUCHE?

O exame de PCR para Oropouche deve ser feito a partir do primeiro dia de sintomas e de preferência até o quinto dia. Esse período é o ideal para que o vírus do Oropouche seja detectado no sangue ou no líquor através desse exame. A partir desse período, é recomendado que seja feita a sorologia para Oropouche para o diagnóstico. Quando a doença está na fase aguda os sintomas incluem fortes dores de cabeça, febre, tontura, dores musculares, dores nas articulações, sensibilidade à luz, entre outros. 

COMO ENTENDER OS RESULTADOS DO EXAME DE PCR PARA OROPOUCHE?

O resultado mostrará se o vírus do Oropouche foi detectado no sangue ou no Líquor. Vale ressaltar que os resultados devem ser interpretados por um médico, pois somente ele pode dar o diagnóstico correto.

Não detectado: Significa que o vírus não foi detectado no sangue ou no líquor e que é provável que a pessoa não esteja com a doença, porém um resultado negativo não exclui a possibilidade de infecção, pois o exame pode ter sido feito fora do período correto. Normalmente o médico solicita a sorologia para Oropouche caso isso aconteça.

Detectado: Foi encontrado o vírus Oropouche no sangue confirmando a doença. Caso seja encontrado no líquor, pode indicar que a doença esteja afetando o sistema nervoso central.

O EXAME DE PCR PARA OROPOUCHE TEM OUTRO NOME?

Sim, também pode ser chamado de PCR para detecção de arbovirose, PCR para detecção de vírus causador da Febre Oropouche, vírus Oropouche (OROV), pesquisa para vírus Oropouche, entre outros.

.