Fator Antinuclear (FAN)

PARA QUE SERVE O EXAME FATOR ANTINUCLEAR (FAN)?

O exame fator antinuclear (FAN), é um exame utilizado para identificar a presença de anticorpos antinucleares (ANA) no sangue. Os ANA são autoanticorpos produzidos pelo próprio sistema imune e que atacam as próprias células e tecidos, a presença desses anticorpos é considerada como indicador de processo autoimune e está associada a diversas doenças autoimunes, principalmente ao Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES). 

QUAL O PREÇO E O PRAZO PARA A ENTREGA DOS RESULTADOS DO  EXAME FATOR ANTINUCLEAR (FAN)?

Os valores podem variar de um laboratório para o outro e a localidade, mas custam em média a partir de R$ 20,00 reais. O prazo para a entrega dos resultados também varia, mas são entregues a partir de 3 dias úteis.

COMO É FEITO O EXAME FATOR ANTINUCLEAR (FAN)?

A amostra é obtida de uma maneira simples e rápida, sendo necessário realizar uma coleta de sangue de uma veia do braço do paciente. Em seguida a amostra será enviada para análise. 

É PRECISO ESTAR EM JEJUM PARA FAZER O EXAME FATOR ANTINUCLEAR (FAN)?

Não é preciso estar em jejum para fazer o exame Fator antinuclaer (FAN). 

É PRECISO ALGUM PREPARO PARA FAZER O EXAME FATOR ANTINUCLEAR (FAN)?

Não é necessário preparo. Entretanto, alguns medicamentos podem interferir nos resultados do exame. Por isso, é importante informar o médico sobre qualquer medicamento que estiver tomando.

QUANDO DEVE SER  FEITO O EXAME FATOR ANTINUCLEAR (FAN)?

O teste é solicitado quando o paciente apresenta algum sintoma e sinais de doenças autoimunes. Além disso, é possível que seja solicitado quando o paciente já tem diagnóstico de doença autoimune e o médico suspeita que está evoluindo com outro distúrbio autoimune adicional. Os pacientes com distúrbio autoimune podem apresentar uma ampla variedade de sintomas, como febre baixa, dor articular, fadiga e/ou exantemas sem explicação que variam com o tempo.

QUAIS OUTRAS DOENÇAS O EXAME FATOR ANTINUCLEAR (FAN) DETECTA?

Artrite reumatoide, Psoríase, Hipotireoidismo, Síndrome de Guillain-Barré, Síndrome de Sjögren, Esclerodermia, Dermatomiosite, Hepatite autoimune. Estas e outras doenças podem ser identificadas através da realização do FAN.

COMO ENTENDER OS RESULTADOS DO EXAME?

Os testes para FAN são realizados utilizando diferentes métodos e os resultados são expressos em positivo (reagente) ou negativo (não reagente) e são relatados em títulos onde títulos baixos como 1/40, 1/80 ou 1/160 são considerados negativos ou não reagentes. Entretanto, isso não significa que sempre que é negativo não existe uma doença autoimune. Dessa forma, mesmo dando negativo, e de acordo com os sintomas apresentados, o médico pode pedir outros exames para confirmar o diagnóstico. Quando os títulos são altos, como 1:320, 1/320, 1/640 ou 1/128, o resultado é positivo e indica concentração elevada de anticorpos antinucleares.  Além disso, esses anticorpos podem ser analisados em microscópio, ajudando a definir melhor o tipo de doença autoimune que o indivíduo apresenta. 

O RESULTADO DO MEU FAN DEU POSITIVO, MAS O MÉDICO NÃO TINHA CERTEZA SE ERA LÚPUS, COMO ISSO É POSSÍVEL? 

O FAN positivo indica que há uma concentração desses anticorpos acima do normal. Este exame é uma das ferramentas para diagnóstico de lúpus, assim como de outras doenças autoimunes, sendo assim, tendo um resultado positivo não significa necessariamente que a doença em questão é o lúpus, podendo ser outro tipo de doença autoimune, ou você pode ter uma concentração acima do normal desses anticorpos sem que haja qualquer impacto sobre sua saúde. Para a interpretação de um diagnóstico correto e definitivo, o médico talvez tenha que comparar os resultados do exame como a gravidade dos sintomas ao longo de um tempo. Esse tempo adicional também pode permitir ao médico eliminar outras possíveis causas para os sintomas e também pode ser solicitados exames mais específicos para confirmar o lúpus.