Teste de COOMBS indireto

O QUE É O TESTE DE COOMBS INDIRETO (TESTE INDIRETO DE ANTIGLOBULINA – TIA)?

O teste de Coombs indireto, é uma exame que procura anticorpos específicos que atacam as células do sangue em pessoas em que o fator Rh é negativo. Esses anticorpos são produzidos quando uma pessoa que possui o tipo sanguíneo negativo (fator Rh), entra em contato com sangue Rh positivo. O corpo entende que aquilo é uma ameaça e cria anticorpos para atacar e destruir esse sangue, gerando problemas sérios à saúde.

PARA QUE SERVE O TESTE DE COOMBS INDIRETO (TESTE INDIRETO DE ANTIGLOBULINA – TIA)?

Todos nós temos um tipo sanguíneo (A,B, AB e O), e o fator Rh positivo ou negativo. Em gestantes, o fator Rh é levado em consideração. Quando a mãe fator Rh negativo tem chances de ter um bebê positivo, pois ele pode herdar do pai esse fator Rh positivo, e por algum problema a mãe entra em contato com o sangue do bebê, atráves de sangramentos ou descolamento de placenta, por exemplo, ela cria anticorpos contra o sangue do bebê causansando consequência, como aborto ou anemia hemolítica (eritrobastose fetal), pois o corpo da mãe entende que aquele fator Rh positivo é uma ameaça. Em pessoas que passam por transfusões sanguíneas, tanto o tipo sanguíneo quanto o fator Rh é importante, pois uma incompatibilidade de sangue recebida de um doador, pode acontecer o mesmo processo. Portanto, o teste de Coombs indireto, serve para detectar esses anticorpos, para evitar esses tipos de problemas.

QUAL O PREÇO E O PRAZO PARA ENTREGA DO RESULTADOS DO TESTE DE COOMBS INDIRETO (TESTE INDIRETO DE ANTIGLOBULINA – TIA)?

Os valores podem variar de um laboratório para o outro, mas custam em média a partir de 

R$ 35,00 reais. O prazo para a entrega também varia, mas normalmente são entregues em até 3 dias úteis.

COMO É FEITO O TESTE DE COOMBS INDIRETO (TESTE INDIRETO DE ANTIGLOBULINA – TIA)?

O exame é feito através de uma amostra de sangue, sendo necessário realizar uma simples coleta de sangue de uma veia do braço do paciente. 

É PRECISO ESTAR EM JEJUM PARA FAZER O TESTE DE COOMBS INDIRETO (TESTE INDIRETO DE ANTIGLOBULINA – TIA)?

Não é necessário estar em jejum para fazer o teste de Coombs indireto.

O TESTE DE COOMBS INDIRETO (TESTE INDIRETO DE ANTIGLOBULINA – TIA) PRECISA DE PREPARO?

O teste de Coombs indireto não precisa de nenhum preparo.

QUANDO É FEITO O TESTE DE COOMBS INDIRETO (TESTE INDIRETO DE ANTIGLOBULINA – TIA)?

O exame de Coombs indireto é solicitado pelo médico em gestantes com sangue Rh negativo no pré-natal, em gestações de 28 semanas antes de realizar a injeção anti-RH e depois. É feito após o parto, quando o sangue da criança é Rh-positivo. Quando o resultado do coombs é positivo ainda na gestação, o teste é repetido mensalmente até a 32ª semana e a cada 15 dias a partir da 33ª de gestação até o momento do parto. Além disso, é feito na fase de preparação para transfusão sanguínea.

PARA QUE SERVE A INJEÇÃO ANTI-RH?

A injeção anti-RH serve para neutralizar o fator Rh positivo, para que não se torne uma ameaça, assim, a pessoa Rh negativa não terá tempo para desencadear uma resposta imunológica e produzir anticorpos contra o sangue recebido, ou seja, o corpo da pessoa não reconhecerá essa substância e não criará anticorpos para destruí-las. Ela é feita em gestantes com sangue de fator Rh negativo, em que o pai da criança seja Rh positivo, após o parto de mães com coombs indireto negativo e recém-nascidos Rh positivo e em em casos de aborto e ameaça de aborto, por exemplo. É indicada também para pessoas Rh negativas que por algum erro receberam transfusão de sangue Rh positivo (transfusão incompatível).

COMO ENTENDER OS RESULTADOS DO TESTE DE COOMBS INDIRETO (TESTE INDIRETO DE ANTIGLOBULINA – TIA)?

O resultado do exame deve ser negativo, ou seja, não há presença desses anticorpos contra o sangue Rh positivos. Quando o resultado for positivo, indica a presença desses anticorpos, sugerindo que já houve contato com um fator Rh  positivo. Para mais informações procure um médico.