Pesquisa de Sangue oculto nas fezes

PARA QUE SERVE A PESQUISA DE SANGUE OCULTO NAS FEZES?

A pesquisa de sangue oculto fecal, é uma teste que analisa a presença de sangue nas fezes, onde geralmente não pode ser observado a olho nu, com a finalidade de detectar sangramentos no sistema digestório. Esses sangramentos podem indicar sinais de colite, úlceras e em casos mais graves até câncer de cólon. O sangue nas fezes pode ser o único sinal de câncer no cólon em sua fase inicial e a sua identificação precoce aumenta as chances de cura, além disso, ele serve também para verificar se é necessário que o paciente faça uma colonoscopia, outro tipo de exame que avalia o intestino. Além deste exame ser utilizado para a triagem de câncer de cólon, ele também é usado para pesquisar a causa de uma anemia, pois a anemia em alguns casos, pode ser provocada por sangramentos.

QUAL O PREÇO E O PRAZO PARA A ENTREGA DOS RESULTADOS DA PESQUISA DE SANGUE OCULTO NAS FEZES?

Os valores podem variar de um laboratório para o outro e a localidade, mas custam em média a partir de R$ 25,00 reais. O prazo para a entrega dos resultados também varia, mas normalmente são entregues em até 3 dias úteis.

COMO É FEITA A PESQUISA DE SANGUE OCULTO NAS FEZES?

O exame será feito através da coleta de fezes do indivíduo, que serão analisadas em seguida para verificar se há ou não a presença de sangue nas fezes.

É PRECISO ESTAR EM JEJUM PARA FAZER A PESQUISA DE SANGUE OCULTO NAS FEZES?

Não é necessário estar em jejum para fazer o exame de pesquisa de sangue oculto nas fezes.

QUANDO É FEITA A PESQUISA DE SANGUE OCULTO NAS FEZES?

Este exame é geralmente solicitado pelo médico como triagem de câncer de cólon, porém é recomendado que pessoas com mais de 50 anos façam esse exame anualmente, ou pode ser solicitado para pessoas a partir dos 40 anos que possuem histórico de câncer cólon na família, com a finalidade de fazer um acompanhamento e também prevenir problemas futuros.

O médico também pode pedir esse exame se o paciente apresentar sinais e sintomas de anemia, como cansaço e a queda da hemoglobina e do hematócrito no hemograma, pois possivelmente essa anemia  pode estar sendo causada por algum sangramento, como no intestino, por exemplo. Essa pesquisa também é utilizada no controle de doenças intestinais inflamatórias, como Crohn ou retocolite ulcerativa idiopática, o que significa que pode ser solicitado quando há suspeitas relacionadas a estes problemas.

QUAIS SÃO OS POSSÍVEIS RESULTADOS DA PESQUISA DE SANGUE OCULTO NAS FEZES?

Os resultados do exame são expressos em positivo e negativo.

  • Positivo: significa que na amostra foi identificado a presença de sangue nas fezes. Neste caso, o próximo passo geralmente é a colonoscopia, que serve para identificar a causa do sangramento e orientar o tratamento adequado. Entretanto, somente o médico pode orientar corretamente quais os próximos passos em relação aos  medicamentos, tratamentos e precauções.
  • Negativo: significa que não há a presença de sangue nas fezes ou que não foi possível identificá-lo. De qualquer forma, neste caso o risco de problemas gastrointestinais é baixo.

COMO COLHER AS FEZES PARA FAZER A PESQUISA DE SANGUE OCULTO NAS FEZES?

Há vários métodos de pesquisa de sangue nas fezes. Portando as formas para colher as fezes podem várias. Segue abaixo um breve resumo, para mais informações consulte seu médico. O laboratório também fornece uma lista de recomendações que devem ser feitas antes de realizar o exame, sendo essencial segui-la.

Método de cartões com guaiacol: Neste método o laboratório irá fornecer um ou mais cartões de testes e geralmente são usadas três amostras de fezes diferentes, em três dias consecutivos. As amostras devem ser colhidas em frascos limpos e não podem ser contaminadas com urina ou água, devendo ser desprezadas direto no frasco. A amostra será preparada nos cartões de teste em laboratório e depois de pronta será enviada para o médico do laboratório.

Método do vaso sanitário: Nesse método é utilizado um tecido reagente que será colocado após uma evacuação no vaso sanitário. Esse tecido irá mudar de cor caso tenha a presença de sangue nas fezes. O paciente deve observar e comunicar ao médico o resultado. Normalmente esse teste é feito em três dias consecutivos. 

– Exame imunoquímico: Esse método irá variar conforme o fabricante, assim como sua coleta, porém é comum o uso de um pincel ou outro instrumento para colher a amostra da superfície das fezes e transferi-la para um cartão especial. O cartão deve ser entregue ao laboratório para análise. Nesse método também são colhidas duas ou três amostras em dias consecutivos. Não é necessária nenhuma preparação para esse método.