Exame preventivo (Papanicolau)

PARA QUE SERVE O EXAME PREVENTIVO (EXAME DE PAPANICOLAU)?

O exame preventivo também conhecido como Papanicolau, é uma exame ginecológico que tem como principal objetivo avaliar o colo do útero, verificando se há sinais de infecção causada pelo vírus Papilomavírus Humano (HPV), que é o maior causador do câncer de colo de útero. Entretanto, ele também detecta se há infecções causadas por outros microrganismos que são transmitidas sexualmente e que prejudicam os órgãos genitais feminino, prevenindo a evolução ou complicações.

QUAL O PREÇO E O PRAZO DE ENTREGA DOS RESULTADOS DO EXAME PREVENTIVO (PAPANICOLAU)?

O preço do exame preventivo em clínicas particulares custam em média a partir de R$ 100,00 reais. Porém, o SUS oferece gratuitamente esse exame para as mulheres, basta ir em um posto de saúde de sua referência. O prazo para a entrega dos resultados pode variar, mas ficam prontos em média a partir de 7 dias. 

COMO O EXAME PREVENTIVO (PAPANICOLAU) É FEITO?

O médico ginecologista irá pedir que a mulher se deite na posição ginecológica em uma maca e levante as pernas, que ficarão apoiadas em um suporte para que fiquem firmes. Em seguida o ginecologista irá abrir o caminho introduzindo um aparelho chamado espéculo que lembra muito um bico de papagaio. Com a ajuda deste aparelho será colocado uma espátula e cerda para coletar o material da parede vaginal e do colo do útero. É normal que durante o procedimento sinta um leve incômodo e desconforto. O material colhido será enviado para o laboratório onde será analisado.

É NECESSÁRIO ALGUM PREPARO PARA FAZER O EXAME PREVENTIVO (PAPANICOLAU)?

Sim, há algumas orientações como:

  • Não ter tido relação sexual nas 72 horas anteriores ao exame;
  • Não utilizar duchas de higiene íntima;
  • Não utilizar cremes ou lubrificantes vaginais.

QUEM DEVE FAZER O EXAME PREVENTIVO (PAPANICOLAU)?

Toda mulher que tem ou já teve atividade sexual deve submeter-se ao exame preventivo periódico, especialmente dos 25 aos 59 anos de idade. 

QUANTAS VEZES POR ANO É NECESSÁRIO FAZER O EXAME PREVENTIVO (PAPANICOLAU)?

O Ministério da Saúde recomenda que os dois primeiros exames preventivos sejam feitos uma vez por ano, se os resultados deram negativo para qualquer doença, o exame pode ser feito a cada 3 anos. Caso o resultado do exame apresente alterações, o exame deve ser feito a cada 6 meses para acompanhamento mais rígido do quadro.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE O EXAME PREVENTIVO CONVENCIONAL PARA O EXAME PREVENTIVO EM MEIO LÍQUIDO?

A diferença entre os dois exames se inicia na hora da coleta da amostra, no preventivo convencional são usados dois dispositivos para a coleta e em seguida uma parte dessa amostra é fixada em uma lâmina e depois coradas para a análise. No preventivo em meio líquido, apenas um dispositivo de coleta é utilizado. A amostra coletada será toda colocada em um recipiente contendo um líquido especial para preservar a amostra e 100% dela é enviada  ao laboratório para o processamento, permitindo que não haja perda de células de interesse diagnósticos. 

A coleta em meio líquido foi desenvolvida na tentativa de diminuir as falhas do preventivo convencional, por apresentar uma melhor disposição celular, facilitando a leitura da lâmina e interpretação dos resultados. Como a amostra no preventivo em meio líquido é imediatamente colocada num líquido conservante, a fixação e a coloração são constantes e de melhor qualidade que as geralmente observadas nos preparados convencionais, evitando, conse­quentemente, perdas indesejáveis da amostra celular e também  possibilita a preparação de lâminas adicionais em casos de necessidades para realizadas testes moleculares para papilomavírus humano (HPV) e outros microorganismos, com apenas uma coleta. A técnica convencional apresenta algumas limitações, como má distribuição da amostra na lâmina, presença de células em excesso, prejudicando a análise, além de fatores como a  coleta da amostra, secagem ou má fixação do material na lâmina, entre outros.

POSSO FAZER O EXAME PREVENTIVO (PAPANICOLAU) MENSTRUADA?

Não, o exame preventivo deve ser feito dez ou vinte dias após a menstruação, pois a presença de sangue pode alterar o resultado.

QUAIS DOENÇAS O EXAME PREVENTIVO (PAPANICOLAU) DETECTA?

Além de ser o maior aliado na hora de diagnosticar lesões do colo de útero que podem se tornar câncer, o exame também pode detectar outras doenças, como:

  • Clamídia;
  • Sífilis;
  • Gonorreia;
  • HPV;
  • Candidíase;
  • Tricomoníase;
  • Detectar presença de nódulos ou cistos.

MULHERES GRÁVIDAS PODEM FAZER O EXAME PREVENTIVO (PAPANICOLAU)?

Em caso de gravidez, é recomendado que faça o exame apenas até o quarto mês de gestação. Ele não causa nenhum problema ao útero ou ao bebê. Após o parto, é necessário aguardar entre seis e oito semanas para o exame novamente. É  importante que seja feito, pois caso sejam identificadas alterações, pode ser iniciado o tratamento mais adequado para evitar complicações para o bebê.

COMO SÃO OS RESULTADOS DO EXAME PREVENTIVO (PAPANICOLAU)?

Em relação ao diagnóstico do câncer de colo de útero, existem três possíveis resultados para o exame: 

  • Negativo para câncer: no caso de ser o primeiro resultado negativo, o exame deverá ser repetido depois de um ano. Se já tiver um resultado negativo no ano anterior, o exame preventivo deverá realizado novamente em três anos;
  • Infecção pelo HPV ou lesão de baixo grau: neste caso o exame preventivo deve ser repetido em seis meses;
  • Lesão de alto grau: o médico decidirá a melhor conduta. Serão necessários outros exames, como a colposcopia.
  • O exame também pode detectar a presença de bactérias, fungos ou anormalidades encontradas na amostra coletada, quanto a isso existem várias possibilidades de resultados e somente o ginecologista pode interpretar os resultados corretamente.