Exame de hormônio Luteinizante (LH)

PARA QUE SERVE O EXAME DE HORMÔNIO LUTEINIZANTE (LH)?

O LH é um hormônio produzido por uma glândula chamada hipófise, que fica localizada  no cérebro, ele tem um papel fundamental para as mulheres, sendo responsável pela ovulação, produção de hormônio feminino (progesterona) e fertilidade, por exemplo, nos homens ele também é importante, pois também está associado a fertilidade, atuando na produção de espermatozóides. Alterações desse hormônio no organismo podem indicar problemas à saúde, como infertilidade, cisto no ovário, puberdade precoce, entre outros. O exame de LH, serve para medir a quantidade desse hormônio no organismo, para auxiliar no diagnóstico desses problemas.

QUAL O PREÇO E O PRAZO PARA A ENTREGA DOS RESULTADOS DO EXAME DE HORMÔNIO LUTEINIZANTE (LH)?

Os valores podem variar de um laboratório para o outro, mas custam em média a partir de R$ 15,00 reais. O prazo para a entrega também varia, mas normalmente são entregues a partir de 2 dias úteis.

COMO É FEITO O EXAME DE HORMÔNIO LUTEINIZANTE (LH)?

O exame é feito através de uma amostra de sangue, sendo necessário realizar uma simples coleta de sangue de uma veia do braço do paciente. Algumas vezes pode ser pedida uma amostra de urina aleatória, ou seja, de qualquer hora ou uma colheita de urina de 24 horas, ou seja, todas as vezes que for urinar, o líquido deve ser coletado durante 24 horas e armazenado em um recipiente. A coleta deve ser feita preferencialmente até o quinto dia após o início do ciclo menstrual, contando-se a partir do primeiro dia da menstruação, ou conforme solicitação médica.

É PRECISO ESTAR EM JEJUM PARA FAZER O EXAME DE HORMÔNIO LUTEINIZANTE (LH)?

Não é necessário estar em jejum para fazer o exame de Hormônio Luteinizante (LH).

O EXAME DE HORMÔNIO LUTEINIZANTE (LH) PRECISA DE PREPARO?

O uso de biotina (vitamina B7) e suplementos alimentares que contenham biotina devem ser suspensos 3 dias antes da coleta. É importante informar a data da última menstruação quando realizar o exame. Mulheres também devem avisar ao médico sobre o uso de anticoncepcionais, pois podem influenciar no resultado do exame.

QUANDO É FEITO O EXAME DE HORMÔNIO LUTEINIZANTE (LH)?

O exame é solicitado pelo médico para homens e mulheres, normalmente junto com o exame de TSH, pois ambos investigam a saúde da hipófise. É feito quando o médico suspeita que há algum problema  na hipófise, nos ovários, nas gônadas e nos testículos, em situações como:

  • Quando a mulher apresenta dificuldade de engravidar, Irregularidades na menstruação;
  • Infertilidade em homens;
  • Quando meninos e meninas que não estão entrando na puberdade na fase correta (Puberdade precoce ou tardia);
  • Quando o médico suspeita que o indivíduo apresenta sintomas de problemas na hipófise ou hipotálamo e doenças no ovário, nas gônadas e nos testículos, entre outros.

QUAL A QUANTIDADE NORMAL DE HORMÔNIO LUTEINIZANTE (LH) NO ORGANISMO?

Em homens, os resultados até 9,0 UI/L estão dentro da faixa normal. Em mulheres, os valores devem estar de acordo com o período do ciclo menstrual, que podem ser consultados abaixo. Valores alterados devem ser acompanhados por um médico, pois somente ele pode interpretar os resultados corretamente e definir o diagnóstico. Os valores podem variar de um laboratório para o outro.

– Fase folicular: até 12,0 UI/L.

– Fase lútea: até 15,0 UI/L.

– Pico ovulatório: 15,0 a 100,0 UI/L.

– Menopausa: acima de 15,0 UI/L. 

– Crianças antes da puberdade: até 0,3 UI/

O EXAME DE HORMÔNIO LUTEINIZANTE (LH) TEM OUTRO NOME?

Sim, este exame também pode ser chamado de Hormônio luteotrófico, dosagem de hormônio luteinizante, Gonadotrofina hipofisária, ICSH, entre outros.

ALGUM MEDICAMENTO PODE INTERFERIR NOS RESULTADOS DO EXAME DE HORMÔNIO LUTEINIZANTE (LH)?

Alguns medicamentos podem causar aumento do LH, tais como anticonvulsivantes, clomifeno e naloxona. Outras podem diminuir o LH, tais como digoxina, contraceptivos orais e tratamentos hormonais. Além disso, se a pessoa fez um exame de imagem com contrastes isotópicos (Medicina Nuclear) também pode interferir com os resultados de um teste de LH.

diagnóstico de tumores na hipófise e alterações nos ovários, como a presença de cistos, por exemplo.

O hormônio luteinizante, também chamado de LH, é um hormônio produzido pela hipófise e que, nas mulheres, é responsável pelo amadurecimento dos folículos, ovulação e produção de progesterona, possuindo papel fundamental na capacidade reprodutiva da mulher. Nos homens, o LH também está diretamente relacionado à fertilidade, atuando diretamente nos testículos e influenciando a produção de espermatozoides