RT-PCR de Saliva

TESTE RT-PCR DE SALIVA PARA COVID- 19

A COVID-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um quadro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves.

O teste de RT-PCR em amostras de saliva, é um teste com metodologia em padrão ouro para diagnosticar a Covid-19, ele detecta o vírus na fase aguda da doença, substituindo a coleta em swab nasofaringe e orofaringe, sendo um teste que permite mais conforto ao paciente. Além disso, o procedimento também diminui o risco de geração de gotículas para o ambiente, contribuindo para a segurança de todos no entorno.

O teste RT-PCR salivar foi desenvolvido com base em protocolo de Yale pela P&D Dasa e foi validado em um extenso protocolo de pesquisa, que comparou 400 amostras, com resultados de concordância geral de 90% em comparação ao RT-PCR em swab de naso/orofaringe, porém apresenta uma sensibilidade ligeiramente menor ​​​​​em situações de menor quantidade do vírus nas secreções respiratórias, como infecções assintomáticas. Entretanto, sua sensibilidade é um pouco inferior ao RT-PCR de nasofaringe: a sensibilidade geral é de 78%, variando nos 7 primeiros dias de sintomas entre 84-92% em comparação com o RT-PCR de nasofaringe.

QUEM DEVE REALIZAR O TESTE RT-PCR PELA SALIVA?

O RT-PCR é um teste para diagnóstico atual da doença, ou seja, será avaliado a presença do vírus na fase aguda.

Para pessoas assintomáticas (com sintomas), é recomendado que se faça o teste no 3º ao 10º dia inicial da doença, em especial nas seguintes condições:

– Pacientes que não toleram a coleta por swab de nasofaringe ou que apresentam restrições para este tipo de coleta;

– Crianças e idosos, por ter a coleta facilitada.

Para pessoas Assintomáticas (sem sintomas), recomenda-se a coleta do teste COVID para avaliação de contactantes de casos positivos de Coronavírus e rastreio epidemiológico (em massa), sendo realizado de maneira recorrente (a cada 72h), possibilitando isolamento rápido e controle de surto.

COMO É FEITA A COLETA NA SALIVA?

A coleta da amostra na saliva é simples e indolor, sendo colhido 2 mL de saliva. O paciente será orientado a acumular saliva e cuspir dentro de um frasco que é fornecido pelo laboratório, além disso não é necessário que um profissional de saúde faça o procedimento, o próprio paciente pode fazer, evitando assim o risco de contaminação. Deve- se seguir algumas recomendações antes de realizar o exame como,  não tomar água 10 minutos antes da coleta e evitar comida, bebida e spray nasal 30 minutos antes da coleta.

INTERPRETAÇÃO DOS RESULTADOS DO TESTE

Há dois resultados possíveis do exame de RT-PCR pela saliva: detectado ou não detectado.

Detectado: Indica a presença de uma infecção atual pela COVID-19.

Não detectado: Indica a ausência de infecção atual. Entretanto, o não detectado não descarta a presença do vírus, que pode estar em concentração inferior ao limite de detecção do teste, o que pode ocorrer nos dias iniciais da infecção e em portadores assintomáticos ou finais de infecção. É importante correlacionar o resultado deste exame com o quadro clínico e outros achados laboratoriais do paciente.

QUAL A DIFERENÇA DO RT-PCR PELA SALIVA E O RT-PCR POR SWAB (COTONETE) EM NASOFARINGE?

A diferença entre os testes de COVID-19 está na forma em que eles são coletados. O RT-PCR pela saliva é feito de maneira menos invasiva, sendo indolor e coletando apenas uma amostra da saliva do paciente. Já o RT-PCR por swab, é coletado por um cotonete longo e estéril em nasofaringe (nariz e garganta) e pode gerar desconforto no paciente.

QUAL O VALOR E PRAZO PARA A ENTREGA DOS RESULTADOS DO TESTE?

O valor e o prazo da entrega devem ser consultados com o laboratório onde será realizado o exame, pois podem variar.

.