Exame DHEA (Dehidroepiandrosterona)

PARA QUE SERVE O EXAME DHEA (DEHIDROEPIANDROSTERONA)?

O DHEA é um hormônio presente em homens e mulheres e é produzido principalmente pelas glândulas adrenais, localizadas acima dos rins. Ele é responsável por manter o equilíbrio hormonal em nosso corpo e trazer uma série de benefícios. O exame DHEA, serve para medir a quantidade desse hormônio no sangue, a sua elevação ou diminuição está ligada a diversos problemas de saúde, como excesso de pelo em mulheres (hirsutismo), infertilidade, tumor adrenal, doença de Addison, perda de libido, entre outros.

QUAL O PREÇO E O PRAZO PARA A ENTREGA DOS RESULTADOS DO EXAME DHEA (DEHIDROEPIANDROSTERONA)? 

Os valores podem variar de um laboratório para o outro, mas custam em média a partir de R$ 30,00 reais. O prazo para a entrega também varia, mas normalmente são entregues a partir de 4 dias úteis.

COMO É FEITO O EXAME DHEA (DEHIDROEPIANDROSTERONA)? 

É feito através de uma simples coleta de sangue, em uma veia do braço do paciente. O exame deve ser feito preferencialmente até duas horas após o horário habitual de o paciente acordar.

É PRECISO ESTAR EM JEJUM PARA FAZER O EXAME DHEA (DEHIDROEPIANDROSTERONA)? 

Não é obrigatório estar em jejum para fazer o exame DHEA, porém alguns laboratórios podem pedir um jejum de no mínimo 4 horas.

É PRECISO ALGUM PREPARO PARA FAZER O EXAME DHEA (DEHIDROEPIANDROSTERONA)? 

É necessário informar quais são os medicamentos em uso, principalmente, corticosteróides. 

Evite comer comidas gordurosas no dia anterior, pois poderá ter que fazer nova coleta se for identificado lipemia (causada pela presença de grande quantidade de gorduras no sangue) e isso interfere na realização do exame.

QUANDO É FEITO O EXAME DHEA (DEHIDROEPIANDROSTERONA)? 

O exame DHEA é solicitado pelo médico quando ele suspeita que algum problema de saúde esteja relacionado a alteração desse hormônio no organismo, como mulheres com suspeita que não podem engravidar, excesso de pelos no corpo, puberdade precoce, problemas nas glândulas adrenais, como tumores e distúrbios no seu funcionamento, por exemplo.

QUAL A QUANTIDADE NORMAL DE DHEA NO CORPO?

O DHEA é produzido em pequenas quantidades durante a infância e vai aumentando ao longo do tempo, está mais elevado aos 20 e 30 anos, mais ou menos e após isso ocorre a sua redução, aos 80 anos observa-se uma queda em torno de 90% do DHEA. Portanto, essa quantidade varia conforme a idade. Os valores normais podem ser observados abaixo e são apenas um guia, pois podem variar de um laboratório para o outro.

  • Crianças pré-púberes maiores de 1 ano: até  170 ng/dL (até 5,9 nmol/L);
  • Adolescente e adultos até 30 anos: 240 a 1200 ng/dL(8,3 a 41,7 nmol/L);
  • Acima de 31 anos: 120 a 870 ng/dL (4,2 a 30,2 nmol/L).